Converse com as suas cartas de jogar
3 Abril, 2017
Ser Otimista numa Família de Corvos
9 Junho, 2017

A sua aura tem informação que lhe permite tomar consciência dos desafios que lhe são colocados diariamente. Os processos mais ou menos difíceis com que se tem deparado fazem parte do plano de desenvolvimento do seu espírito. Talvez não saiba, mas concordou com este projeto de vida antes de encarnar, mesmo que, com a consciência que tem hoje, lhe pareça um ato inconsciente do passado.

 

A aura é o campo energético que existe à sua volta. É uma massa energética composta por cores, pelo que vulgarmente as pessoas se questionam de que cor será a sua aura e qual o significado dessa informação.

A aura é uma energia dinâmica e evolutiva, porque todos mudamos durante o processo do caminho de vida. Assim, a cor da aura de hoje pode ser diferente daquela que terá daqui a uma semana. Simplesmente porque no momento presente poderá estar numa fase em que tem vivências de amor à sua volta: amor numa relação, amor dentro da família, amor para com o mundo à sua volta. Mas, daqui a uma semana pode ter uma desilusão, o sentimento de amor pode dar lugar ao de tristeza, de desânimo e até de rancor. Podemos assim passar de uma aura luminosa em tons rosa e verde, para uma aura mais densa com cores cinza e vermelho escuro.

As cores mudam porque a sua vibração muda consoante o seu estado de espírito. Ao mesmo tempo, as pessoas à sua volta, mais ou menos sensitivas, poderão sentir essa mudança. Porque a energia se contagia, poderá contagiar as pessoas à sua volta com a sua felicidade, assim como também as poderá contagiar com a sua tristeza. Naturalmente, se transpirar energia positiva todo o ambiente irá ficar com essa energia. Por outro lado, se estiver num estado de pesar, o ambiente à sua volta também irá ficar “pesado”.

Para além das cores e da sensação energética que a aura proporciona, nela, estão guardados registos preciosos sobre a história do seu espírito e que fazem de si a pessoa que é hoje. A aura reflete o processo pelo qual está a passar no momento presente e a sua leitura poderá ajuda-lo a compreender o que está por detrás do desafio que enfrenta nesta fase.

Poderá aceder ainda a outras informações, tais como a sua ligação com o mundo espiritual e o processo evolutivo do seu espírito. Compreender e tomar consciência de uma forma global do seu caminho de vida, irá leva-lo a aceitar os processos de aprendizagem pelos quais tem sido sujeito. Porque cada fase da sua vida é uma aprendizagem necessária para o seu espírito, se tomar consciência e aceitar poderá encontrar as mudanças que tanto aguarda na sua vida.

A leitura da aura irá também proporcionar-lhe informação sobre pactos que tem com algumas pessoas à sua volta, fazendo-o compreender esses relacionamentos: “Cada um que passa na nossa vida leva um pouco de nós mesmos, e deixa um pouco de si mesmo. Há os que levam muito e há os que deixam muito, mas não há os que deixam nada…” (Antoine de Saint- Exupéry)

Cada pessoa que lida consigo diariamente tem algo para lhe ensinar, assim como o leitor também o tem. Tanto as pessoas que fazem despertar em si os sentimentos mais nobres, como aquelas que mais o aborrecem têm importância para o seu processo evolutivo. Desafie-se a olhar para cada uma dessas pessoas como companheiros de jornada, que o ajudam a realizar aprendizagens, nesta grande escola, que é o planeta Terra.

Na aura encontra também informação de vidas passadas. Muitas vezes, de vida para vida o leitor conserva hábitos, padrões, competências e aprendizagens que se projetam na vida atual. Parece que só muda o tempo e o “cenário”, porque o caminho de vida é em tudo semelhante. Recordo carinhosamente uma leitura da aura que fiz há cerca de 5 anos, em que ao descrever a vida passada de uma senhora, ela interrompe-me e diz-me: “mas eu não tenho um burro”. Ao que eu respondi: “Sim, eu estou a descrever uma vida passada, é natural”. Ela conclui: Ah sim, é que esta vida é exatamente igual, só não tenho o burro” (risos).

Efetivamente há a repetição de padrões de vidas passadas, em que parece haver aprendizagens que recusamos fazer. Importa perceber quais, para que possa romper com estes padrões conhecendo novos desafios.

O acesso à multiplicidade de conhecimento que compõe a sua aura permite-lhe “descascar” o seu espírito, como se fosse uma “cebola” com várias camadas. Este caminho de auto-descoberta é tão fascinante como importante para trilhar a sua vida de forma mais consciente. Poderá já se ter visto a dar “cabeçadas” numa montanha, acreditando que a conseguia mover. Na verdade, precisava apenas de encontrar o caminho certo!

Encontre-se e Encontre o seu Rumo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *