O que dizem os seus Registos Akáshicos?
3 Abril, 2017
Converse com as suas cartas de jogar
3 Abril, 2017

 

Assumir a co-criação do seu presente é assumir a responsabilidade da construção da vida com que sempre sonhou ou que poderá já ter desistido de sonhar.

As sucessivas frustrações e as expectativas que não se concretizaram podem-no ter levado a deixar de almejar os cenários mais idílicos, fazendo com que simplesmente se conforme com o que o destino lhe reservou.

Não tem que sentir culpa por isso, é apenas uma defesa que encontrou para que a sua estrutura emocional não receba ainda mais abalos. No entanto, essa desmotivação pelo seu futuro pode leva-lo a baixar cada vez mais a “bitola” daquilo que idealizou para si, levando a que os seus objetivos sejam cada vez menos auspiciosos.

Se está a ler este texto é porque chegou o momento de inverter esta tendência. O seu espírito “grita” por uma mudança de atitude para que se sinta digno e merecedor de sonhar novamente e de concretizar esses sonhos.

Nas linhas que se seguem vamos-lhe dar algumas dicas que podem, de uma forma muito simples, fazer mudanças positivas na sua vida. Permita-se experimentar sem reservas, nem que seja uma última vez. Permita-se olhar para dentro de si, validar e integrar estas técnicas na sua vida.

Provavelmente, não as vai conseguir integrar todas ao mesmo tempo. Umas serão mais fáceis que outras. Mas não desista em momento algum, mesmo se no final do texto considerar que não o iria conseguir fazer. Claro que consegue, mantenha o foco e não desista!

  1. Ser otimista. Esta dica é um clássico, se tiver uma atitude otimista perante o seu objetivo eleva exponencialmente a possibilidade da sua concretização. Basta que o leitor observe as pessoas otimistas à sua volta, as suas vidas parecem mais fáceis, sentem-se mais realizadas. Também estas pessoas têm os seus contratempos, mas parecem resolver os problemas sem grande dificuldade. As suas vidas são tendencialmente melhores, porque acreditam e atraem essa energia para as suas vidas.

Por outro lado, pessoas que tendem a assumir um comportamento mais pessimista, são mais tristes, tendem a atrair cada vez mais bloqueios que, por sua vez, lhe dão cada vez mais motivos para estarem infelizes.

Analise a sua postura perante a vida e posicione-se de forma a atrair o que deseja.

  1. Ter fé. Esta dica tem algumas parecenças com a anterior, mas pede-lhe algo mais. Neste sentido, é importante que o leitor tenha fé de que um determinado objetivo se vai concretizar, mas trata-se de um acreditar que não lhe deixe margem para dúvidas. De tal forma que assume a concretização antes da mesma tomar lugar. Se lhe adicionar palavras e emoção, aumenta ainda mais as hipóteses de concretização. Comece com objetivos muito básicos que o podem ajudar no seu dia-a-dia, exemplos: Obrigado por encontrar um lugar para o carro a poucos metros daqui. Obrigado por eu ser selecionado para o estágio profissional na empresa X. Use as afirmações e coloque a sua fé e força na concretização do seu objetivo.
  2. Resolver o passado. Olhar para dentro de si e entender-se com o seu passado. As experiências anteriores fazem de si a pessoa que é hoje. No entanto, se estiver sempre a pensar que algo negativo do passado pode voltar a acontecer, porque já se repetiu uma, duas ou mais vezes. Só vai estar a atrair novamente essa energia para si e esteja certo de que vai conseguir.

O passado vai ter que ficar lá atrás, aceite-o como aprendizagem, mas não o queira mais na sua vida. Se quer algo novo no seu presente e futuro tem que renovar o seu interior.

  1. Liberte-se do medo. O medo é um adversário de peso na construção do presente que deseja. Se não o controlar, ele não lhe vai dar tréguas, a seguir a um medo vai surgir outro. Ele é importante para assegurar a sua sobrevivência, mas não pode assumir o controlo da sua vida, isso só o leitor o deve fazer. Não deixe de tentar construir os seus sonhos por insegurança ou medo. Acredite na sua força interior.
  2. Olhe para dentro de si. Reserve alguns dias para uma reflexão interior. O que é que está mal resolvido com o seu coração? Quais as angústias? O que o preocupa?

Lembre-se que o seu interior está espelhado no seu exterior, por isso, a ordem ou desordem que observa na sua vida só está a refletir o que se passa dentro de si.

Afinal, tudo é tão simples. Se a sua “casa interior” está desarrumada, arrume-a e veja as alterações no seu exterior.

Se dentro de si há emoções negativas, como é que consegue atrair emoções positivas? Se não se dá valor a si próprio, como é que no seu exterior lhe vão dar valor?

  1. Projeção com imagens. Esta dica deve-se acrescentar às anteriores para a prossecução do seu objetivo. Imagine que deseja fazer uma viagem a um local específico. Imprima fotografias, adquira quadros do local e coloque esses elementos no seu dia-a-dia. Na sua casa, num local onde passe com frequência. Olhe para essas imagens com a certeza de que irá para lá em breve, fazem parte da sua vida.

É importante que na sua casa ou em qualquer outro local onde passe bastante do seu tempo, tenha imagens realistas. Se optar por imagens abstratas só está a atrair indefinição à sua vida. Por isso, se quer amor coloque telas com casais apaixonados, se quer fartura e abundância escolha imagens com esses elementos. Trabalhe a energia à sua volta e veja as diferenças.

  1. Sinta-se merecedor. Nos dias de hoje muito se fala em egos exacerbados, mas na verdade o que sinto é que os egos estão demasiados pequenos. A maioria das pessoas considera que o pouco chega para a sua sobrevivência e, muitas vezes, esse pouco fica ainda “poucochinho”. Se o leitor deseja um presente grandioso, tem que se sentir verdadeiramente merecedor dessa grandiosidade. Aposte no seu trabalho e sinta-se digno de uma recompensa justa.
  2. Sorria e seja empático. Crie uma onda de energia positiva à sua volta, sorria, crie empatia com os outros, apoie quem se quer levantar, seja um conquistador de uma vida de sucesso. Inspire-se e inspire quem o rodeia. A energia contagia-se, se as pessoas à sua volta estiverem felizes, o leitor também vai estar!

Por fim, deixo-o com uma última reflexão. Somos ensinados, quase culturalmente, a não festejar antes de ter a certeza de que vai efetivamente concretizar-se aquilo que desejamos. Quase que como se não nos pudéssemos sentir livremente entusiasmados por algo que pode acontecer.

Desafio-o a festejar desde logo, mesmo sem ter a certeza que se concretiza. Repare que se efetivamente se concretizar o leitor festeja duas vezes (antes e depois). Se não se concretizar perde apenas uma festa! Para além de atrair energeticamente o objetivo que deseja.

Agora que dispõe de algumas dicas, torne a sua vida mais simples e assuma o controlo do seu presente!

 

 

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *